AUTO AJUDA, SOLIDARIEDADE E VOLUNTARIADO.

0
87

AUTO AJUDA

O dia de auto ajuda é todo o dia.

Segundo o dicionário, auto ajuda pode ser conceituado como:

1 – prática que consiste em fazer uso dos próprios recursos, físicos, mentais e morais para alcançar objetivos pessoais de ordem prática ou resolver dificuldades de âmbito psicológico.

2 – conjunto de informações, orientações e conhecimentos que, quando bem utilizados visam possibilitar essa prática.

O ator e cineasta norte-americano Kirk Douglas faleceu no dia 5 de fevereiro de 2020 aos 103 anos e segundo seus filhos e as pessoas que conviviam com Ele, “era um humanitário que sempre se preocupou com a autoestima, cuidando da saúde, e tinha compromisso com a justiça e com as causas que ele acreditava. “Criou um padrão a que todos podemos aspirar.

Desde cedo e até na fase idosa, sempre se esforçava para ter uma vida saudável e longa.  Recomendava desenvolver atitudes que estimulassem o próprio crescimento e valorização pessoal.

Ele comentava: “Você é o seu principal patrimônio, sua empresa. Se você não cuidar bem dela, pode falir. Então, algumas atitudes e decisões devem ser tomadas de forma sensata, utilizando o racional e o emocional de forma balanceada.”

O Japonês Chitetsu Watanabe, o homem mais velho do mundo com 112 anos, vivo até a presente data, deu como receita da longevidade não guardar rancor, sorrir sempre que possível, evitar estresse e realizar trabalho voluntário de ajuda ao próximo.

Ele afirma ainda que o trabalho voluntário melhora a saúde física, mental, social e proporciona mais qualidade de vida tanto para quem realiza quanto para quem recebe o benefício.

A atriz Júlia Roberts, que ficou muito famosa após o filme ” uma linda mulher “, nunca deixou de participar de organizações de solidariedade, como UNICEF e afirma que ser solidária e ajudar ao próximo a deixa muito mais feliz.

CONDUTAS GERAIS PARA UMA VIDA SAUDÁVEL

Para você ter uma vida longa e saudável, algumas condutas são recomendáveis:

  • Colocar em prática medidas profiláticas que contribuam com a manutenção de uma boa saúde.
  • Evitar ações, comportamentos que comprometam a saúde e o bem estar.
  • Buscar alimentação saudável consumindo com moderação produtos comprovadamente nocivos à saúde como: açúcar branco, coca cola, refrigerantes, frituras, enlatados e produtos industrializados, muitos com propaganda proibida e consumo desaconselhado pelo serviço de saúde pública.
  • Evitar o fumo e a bebida alcoólica.  Muitos óbitos são registrados por problemas pulmonares devido ao cigarro e a bebida alcoólica.

Médicos israelenses, onde a Medicina alcançou um grau muito elevado de tecnologia, concluíram, por exemplo, que de todos os cânceres, o do pulmão é um dos mais agressivos e mortais, principalmente por ser muito difícil de diagnosticar cedo. Não causa sintomas dolorosos até que o tumor esteja muito grande. Aí é tarde demais.

As advertências na embalagem, nos meios de comunicação de massa e a consciência plena das pessoas sobre os malefícios desses aparentes prazeres, podem reduzir o uso e o consumo.

É comum ouvir-se dizer que só se vive uma vez e que se deve aproveitar.  Mas não se pode esquecer que o que você decidir viver, terá consequências.

É importante pensar bem antes de decidir e de se entregar a prazeres efêmeros, pois os prazeres são efêmeros e as consequências podem ser desagradáveis.    

  • Consumir com frequência frutas e verduras bem lavadas, ovos, carne magra bovina, frango, peixe…
  • Tomar com frequência água filtrada, preferencialmente água de coco em jejum e antes do banho.
  • Fazer atividade física regularmente.
  • Cuidar adequadamente da higiene pessoal e ambiental.
  • Buscar estilo de vida saudável.
  • Ter boa convivência com as pessoas em geral, com os vizinhos, clientes, amigos e familiares.
  • Participar de um trabalho voluntário.
  • Evitar o estresse, aborrecimentos e pensar positivo.
  • Cultivar o hábito do perdão (ser bom não significa ser bobo, nem se deixar enganar.)
  • Escolher e praticar atividade lúdica como dançar, ou tocar um instrumento musical, cantar, passear, reunir com amigos e familiares.

Esse conjunto contribui para uma boa saúde física moral e espiritual, para a elevação da alta estima, o aumento da imunidade e previne contra doenças infectocontagiosas, cada vez mais frequente e numerosa entre nós.

Desejamos viver bem com saúde e segurança, paz e ter vida longa e prazerosa.

Buscar informação, agregar conhecimentos e saber aplicar em seu próprio benefício, da família e do próximo é desejar melhorar seu padrão de vida.

Se você está bem física, moral e espiritualmente, provavelmente você estará mais preparado para prestar um trabalho voluntário e solidariedade.

Em um Shopping, um cartaz dizia comprar faz bem.  A criança pergunta à mãe: “-Mãe, comprar faz bem”? A mãe responde “- sim, minha filha”.

Comprar roupa nova, sapato novo, uma bolsa, um bom perfume, um livro, ir ao salão de beleza, fazer uma viagem. Tudo isso faz bem, se for feito de forma planejada. Não devemos perder o foco nem perder o equilíbrio.

Cultivar boas amizades e bons hábitos pode contribuir para elevar a autoestima e nos deixar mais felizes.

SOLIDARIEDADE

20 de dezembro é o dia da solidariedade.

O conceito de solidariedade está relacionado com um ato de bondade e compreensão com o próximo ou com os animais.

Tem origem no francês solidarité e significa reconhecer à situação delicada de uma pessoa ou grupo social ou animal, e no ato de ajudar essas pessoas e animais desamparadas, com alimentos, roupas, financeiramente, assistência médica, espiritual, jurídica, apoio presencial, atenção e amor.

Você já imaginou quantos países, quantas organizações, quantas  pessoas se envolveram em trabalhos solidários e de assistência a inúmeras vítimas de grandes catástrofes como tsunami da indonésia que matou mais de 230 mil pessoas e atingiu 14 países da Ásia e África;  furacão Katrina no litoral sul dos EEUU, matando mais de 1.800 pessoas; ataque terrorista às torres gêmeas em Nova York, em 11 de setembro de 2001, onde cerca de 3.000 pessoas de mais de 70 países, aflitas, morreram e cerca de 1200 vítimas ainda não foram identificadas; o rompimento da barragem em Brumadinho, Minas Gerais,  em 25 de janeiro de 2020, a maior tragédia  socioambiental  do Brasil que soterrou 270 pessoas (11 ainda estão desaparecidas)…

Qualquer um de nós está sujeito a passar por situação desconfortável, adversa e necessitar de uma mão amiga e solidária.

Segundo pesquisa do Instituto para o Desenvolvimento do investimento social (ÍDIS), a solidariedade é a principal característica do voluntário.

VOLUNTARIADO

Dia 28 de agosto é o dia do voluntariado e o dia 5 de dezembro é o dia mundial do voluntário, instituído pelas Organizações das Nações Unidas, com o objetivo de estimular o desenvolvimento prática de voluntariado no mundo.

O voluntariado é um movimento que consiste em um conjunto de atividades e ações de interesse social e comunitário, em que toda a atividade desenvolvida se reverte a favor do serviço e do trabalho com objetivos culturais, recreativos científicos, escolaridade, cívica, moral…

O mesmo é realizado por Instituições Filantrópicas, através de pessoas com disponibilidade para realizar serviços e atendimentos com objetivos de contribuir com o aumento da escolaridade, conduta cívica, atividades recreativas, de saúde e culturais das pessoas.

O voluntário, segundo definição das Nações Unidas, “é a pessoa que, devido a seu interesse pessoal espontâneo, vontade própria e ao seu espirito cívico e cristão, dedica parte do seu tempo, sem nenhuma remuneração, a diversas formas, organizadas ou não, de atividades de bem estar social ou outros campos”.

É um ator social e agente de transformação, que presta serviços não remunerados em benefício da comunidade, mas que, com certeza, recebe de volta inúmeros benefícios.

Essa atividade não é situação em que uma pessoa em posição privilegiada presta ajuda a uma pessoa que está em situação desfavorável.

Ele é algo muito profundo e sensível. É um ato e disposição em se comprometer, em doar seu tempo.

Estender as mãos ao próximo, ao semelhante é um ato que exige:

1 – Coragem para doar seu tempo ou seu talento.  

2 – Generosidade, entendida como real solidariedade, aquele que não espera nada em troca.

3 – Que enfrentemos nossa própria fraqueza. Está diante da própria fraqueza é admitir que ao ajudar queremos nos sentir melhores, curar nossas feridas, superar nossas próprias limitações.

4 – É reconhecer em não se colocar em situação superior ao que está recebendo o benefício.

Infelizmente no Brasil o trabalho voluntário é uma atividade que culturalmente está pouco presente na vida do brasileiro e as organizações estão sempre necessitando de pessoas que disponibilizem recursos, doações e amor.

Muitas vezes, só o amor, a presença, o ouvir já é suficiente para estancar o desespero, a crise.

A Pastoral da saúde é uma das organizações que além de fornecer curso preparatório, encaminha pessoas com habilidades artísticos, culturais, instrumentais, para hospitais; Organização dos Voluntários de Goiás (OVG); Centro de Valorização da Vida (CVV) e outras instituições.

Porque não seguir esse belo exemplo do Kirk Douglas e de outros inúmeros voluntários anônimos, e oferecer sua contribuição, dentro das possibilidades?

Quanto aos pets, existem muitas possibilidades para um trabalho voluntário.

Há muitas organizações não governamentais desenvolvendo assistência a animais moradores de rua, principalmente no que diz respeito a alimentação, controle, tratamento de doenças e castração.

Você já praticou uma boa ação hoje?

Veja outras informações sobre curiosidades e sobre pets, no site: www.meupetsaudável.com

Seja otimista. Ajude o próximo, derrote seus inimigos interiores e cresça. Muito obrigado.

Leia também: Cérebro e o Coração. Quem está com a razão?

Artigo anteriorCORONAVÍRUS E SUA RELAÇÃO COM OS PETS!
Próximo artigo6 DICAS BÁSICAS SOBRE PROFILAXIA PET.
O Blog meu pet saudável foi criado pelo Médico Veterinário Aloízio Apoliano Cardozo, M.S. pela U.F.V. MG, pós graduação em Clínica Médica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Qualittas, pós graduação em dermatologia pela Equalis e participação em vários eventos como Congresso, Simpósio, cursos, palestras , dentre outros, promovidos pela Qualittas e ANCLIVEPA. Atuou por diversos anos prestando Assistência Técnica e Extensão Rural, teórica e prática, com metodologia grupal, aos pecuaristas pela ACAR-GO (Associação de Crédito e Assistência Rural do Estado de Goiás) e EMATER-GO ( Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás). É Diretor do Consultório Veterinário Popular e proprietário de uma loja de Produtos Veterinários: medicamentos, rações, vacinas e acessórios diversos para pet. Trabalhou como voluntário plantonista no Centro de Valorização da Vida (CVV) e no Hospital das Clínicas(HC) da UFG, fazendo palestras para os pacientes, sobre estilo de vida, alimentação saudável e mensagens musicais; participou de vários cursos de dança de salão com professores Jaime Aroxa e Carlinhos de Jesus; foi fundador da Academia de Dança Bolero Passos e Compassos: ministrou curso de dança de salão para pessoas carentes na Paróquia São francisco de Assis contribuindo para um crescimento físico, moral e espiritual. É sócio da Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais e possuidor do selo de qualidade ANCLIVEPA -BRASIL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui