6 DICAS BÁSICAS SOBRE PROFILAXIA PET.

3
373
profilaxia em pets

Alerta aí para quem tem pet. Você adquire um pet e, naturalmente, deseja conviver com ele de forma saudável e sem problemas. O alcance desse objetivo é relativamente fácil e vai depender de como o tutor age com relação a profilaxia.

PROFILAXIA

Quem tem pet deve sempre ficar atento a aspectos relacionados com a profilaxia.

Profilaxia é o conjunto de medidas e procedimentos utilizados visando manter a saúde, prevenir e evitar doenças.

É a parte da Medicina que determina medidas preventivas visando a preservação da saúde.

Confira 6 dicas básicas profiláticas e prepare-se para evitar problemas com seu pet.

6 DICAS BÁSICAS SOBRE PROFILAXIA PET

1 – Alimentação correta.

Evite comida caseira e ração barata, pois, em geral são de qualidade inferior proporcionando forte impacto na saúde do seu pet a curto, médio e longo prazo. Comprar ração barata é uma economia que poderá gerar gastos maiores depois, pois pode causar alergia alimentar, intoxicação, problemas gastrointestinais, dentre outros, devido a pouca qualidade da matéria prima, presença de corantes, conservantes, temperos e condimentos.

A ração pode até ser balanceada, mas os elementos presentes dificultam a digestão. É comum a presença da ração intacta junto com as fezes e ocorrência de vômitos e/ou diarreias, favorecendo a desidratação e por consequência, problemas cardíacos, de pele, renal e até a morte.

Outra questão a ser considerada quanto a ração, é a maneira de servir. Pets filhotes devem se alimentar várias vezes ao dia e a quantidade é de acordo com o peso e recomendação do fabricante. Evitar colocar ração em locais frios, úmidos e sol pois podem alterar e comprometer a ração e o pet.

Os pets adultos devem ser alimentados duas vezes ao dia baseado no peso e recomendações do fabricante.

2 – Controle de endo e ectoparasitas.

Administrar vermífugo e controlar pulgas, carrapatos, sarnas, fungos, ácaros, malassésia.

O vermífugo é administrado diretamente na boca do animal, mantendo-a fechada até a total deglutição ou em pequeno pedaço de alimento. Fornecer de acordo com a idade e o peso segundo vem anotado na bula do medicamento.

Na mesma costuma vir uma tabela peso/animal x quantidade do medicamento. Em geral pode ser repetido com 21 a 30 dias, as três primeiras doses em filhotes e após de três em três meses.

Tem vermífugo eficaz e eficiente que é administrado em dose única com repetição de 3 em três meses. Outros são administrados em dose única diária durante 3 a 5 dias e com repetição de 3 em 3 meses. Outros são administrados cedo e à tarde durante 3 dias e com repetição após 3 meses.

Vai depender do princípio ativo do vermífugo e do fabricante.

É recomendável fazer exame de fezes para identificar os tipos de vermes existentes e a terapia adequada.

É bom lembrar que os vermes não estão presentes apenas no estômago e intestino.

Já foram identificados vermes em diversos órgãos como fígado, rins, pulmões, cérebro, nos olhos e requer medicação adequada para cada caso.

O controle de carrapato e pulga é fundamental tendo em visto uma série de distúrbios que eles provocam: coceira, alergia, estresse, anemia, desidratação, baixa imunidade, doenças.

Dentre as doenças a Erliquiose (doença do carrapato) é a mais comum e a mais severa e requer um diagnóstico precoce e uma terapia adequada. (veja mais no site www.meupetsaudavel.com

Existem, nas lojas veterinárias, medicamentos modernos, comprimidos palatáveis em dose única, que protege o pet durante meses, contra carrapato, pulga e sarna.  Simparic, nexgard e bravecto são medicamentos administrados em dose única de acordo com o peso do pet.

O carrapato e a pulga devem ter o controle no ambiente e, no caso de pulga, fazer concomitantemente, administração de vermífugo.

3 – Evitar Desidratação

Os pets são muito mais propensos a desidratação do que se imagina e uma das principais causas é o pouco fornecimento hídrico. (veja desidratação no site www.meupetsaudavel.com)

Se você tem um pet, o recomendável é fornecer duas vasilhas com água filtrada. Se tem dois pets, três vasilhas: três pets, quatro vasilhas…

4 – Cuidar da Higiene

O ambiente deve ser limpo com água e sabão, Q-boa e um enxague preferencialmente com amônia quaternária por ser desinfetante, bactericida, fungicida e viricida. Alguns produtos são encontrados nas lojas veterinários com o nome de Vancid 10 do laboratório Vansil (diluir 1 ml para cada 5 litros d´água) e Gliocide do laboratório Syntec (diluir 10 ml para cada 4 litros d´água) e outros.

Eles apresentam alto poder germicida com exclusiva ação contra esporos, eficaz contra giárdia, mata bactérias e fungos, elimina odores e tem fragrância agradável.

5 – Vacinação

A vacinação é um dos principais meios de prevenção contra doenças que acometem os pets. Mas para valer é necessário fazer a sequência recomendada e respeitar as datas.

A vacinação antirrábica é exigida para cães e gatos acima de 90 dias de idade e é válida por um ano.

Nenhum pet pode viajar, principalmente para fora do estado e do país sem ser vacinado contra raiva e sem o Atestado Sanitário para o Trânsito de Cães e gatos que será fornecido pelo Médico Veterinário, após exame clínico.

Outras doenças como Cinomose canina, Adenovírus tipo 2, Corona virose canina, Parainfluenza, Parvovirose – vírus modificados e vírus mortos, bacterina de Leptospira canícola e Licterohaemorrhagiae, precisam ser controladas. Há a vacina Nobivac MSD importada e de outros laboratórios igualmente conceituados.

O Laboratório Vencofarma nacional fabrica uma vacina Vencomax-11 eficaz contra Cinomose, Parvovirose, Parainfluenza, Hepatite, Adenovírus, e Leptospirose canina.

A vacinação de filhotes deve ser iniciada aos quarenta e cinco dias e repetida de 21 em 21 dias num total de 3 a 4 doses. A vacinação só poderá ser feita em animais comprovadamente sadios e livre de parasitas.  

6 – Consulte um Veterinário

Realizar uma consulta de bem estar com o Médico Veterinário especializado pelo menos uma vez ao ano ou toda vez que o pet apresentar algum problema físico ou alteração de comportamento. Não se descuide nem deixe para depois pois a doença pode evoluir rapidamente e o caso que era inicialmente simples pode passar a ser urgência ou emergência exigindo internação e tratamento intensivo com resultado incerto.

Gostou do artigo sobre Profilaxia Pet, achou útil? Deixe uma curtida, compartilhe e comente. Muito obrigado.

Você praticou uma boa ação hoje?

Para maiores indicações, informações e orientações acesse: www.meupetsaudavel.com

CONSULTE SEMPRE UM MÉDICO VETERINÁRIO.

Artigo anteriorAUTO AJUDA, SOLIDARIEDADE E VOLUNTARIADO.
Próximo artigoANIVERSÁRIO
O Blog meu pet saudável foi criado pelo Médico Veterinário Aloízio Apoliano Cardozo, M.S. pela U.F.V. MG, pós graduação em Clínica Médica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Qualittas, pós graduação em dermatologia pela Equalis e participação em vários eventos como Congresso, Simpósio, cursos, palestras , dentre outros, promovidos pela Qualittas e ANCLIVEPA. Atuou por diversos anos prestando Assistência Técnica e Extensão Rural, teórica e prática, com metodologia grupal, aos pecuaristas pela ACAR-GO (Associação de Crédito e Assistência Rural do Estado de Goiás) e EMATER-GO ( Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás). É Diretor do Consultório Veterinário Popular e proprietário de uma loja de Produtos Veterinários: medicamentos, rações, vacinas e acessórios diversos para pet. Trabalhou como voluntário plantonista no Centro de Valorização da Vida (CVV) e no Hospital das Clínicas(HC) da UFG, fazendo palestras para os pacientes, sobre estilo de vida, alimentação saudável e mensagens musicais; participou de vários cursos de dança de salão com professores Jaime Aroxa e Carlinhos de Jesus; foi fundador da Academia de Dança Bolero Passos e Compassos: ministrou curso de dança de salão para pessoas carentes na Paróquia São francisco de Assis contribuindo para um crescimento físico, moral e espiritual. É sócio da Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais e possuidor do selo de qualidade ANCLIVEPA -BRASIL.

3 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom o site! Muito importante para que tem cães e gatos em casa.
    Moro em São Paulo e trouxe meu pet na clínica do Dr Aluízio, atendimento muito humanizado, o Doutor tratou meu cachorro super bem e indiciou ótimos remédio. Super recomendo

    • Oi Thalyta. Foi um grande prazer atende-la. Que bom que você gostou do atendimento. Vindo à Goiânia, conte comigo. Muito obrigado pelos elogios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui