Abuso de autoridade policial contra Advogado.

0
91
Abuso policial contra advogado em goiânia- goiás
Abuso policial contra advogado em Goiânia - Goiás

Episódios de abuso de autoridade policial contra Advogado é preocupante. Os mais recentes

envolveu uma Advogada em Manaus, uma em Cuiabá e um Advogado em Goiânia.

Em menos de dois meses, três episódios de abuso de autoridade foram registrados em vídeo só no estado de Goiás. O mais recente caso de abuso de autoridade envolveu o advogado Orcelio Ferreira Silvério. Na foto abaixo momento em que o Advogado recebe tapa na cara do policial.

Como Tudo Começou

Conforme foi noticiado pela impressa e relatos de pessoas, no final da manhã de 11 de julho, quarta-feira,

por volta das 10 horas da manhã em frente ao Camelódromo da Praça da bíblia, em Goiânia-GO,

moradores de rua estariam incomodando motoristas com ameaças e coação.

Em seguida, um dos motoristas incomodado acionou o Grupamento de intervenção Rápida Ostensiva (GIRO).

Primeiramente chegou uma viatura, depois outras. como que anunciando a gravidade da ocorrência.. A primeira vista, algo grave estava acontecendo. Os policiais estavam fazendo uma abordagem ao acusado. Constatando que a mesma estava sendo muita rigorosa, o advogado (FOTO) começou a filmar e reclamar do excesso da ação dos policiais, em defesa do suspeito.

Advogado Orcelio Ferreira Silverio Júnior vítima de abuso de autoridade por policiais.

A partir desse momento teve início um desentendimento. Os policiais chamaram atenção do advogado pediram que se calasse e parasse de filmar senão lhe seria dado voz de prisão. Um dos policiais não gostou pelo fato do advogado continuar filmando e falando, e partiu para imobilização e agressão.

Ao mesmo tempo, alguns populares pediram para os policiais parar com as agressões enquanto outras filmavam. Uma senhora e outras pessoas chegaram a gritar inconformados com a cena. “Não se pode fazer isso, meu Deus. Filma gente, isso é errado, é violação, ofensa, arbitrariedade”

Diante da situação, alguns populares pediram para os policiais parar enquanto outras filmavam. Outras pessoas passaram a gritar inconformados com a cena. “Não se pode fazer isso, meu Deus. isso é errado, é violação, ofensa, arbitrariedade”. Mas os policiais continuaram.

Nas imagens é possível ver que o advogado é imobilizado e já deitado ao chão, leva um tapa no rosto do policial. Em seguida é arrastado pela calçada. Em outra imagem o advogado é contido e tem o pescoço entre as pernas do policial.

Advogado Orcelio Ferreira Silverio Júnior é imobilizado

Ao mesmo tempo, uma multidão se formou ao redor enquanto o camelódromo abaixava suas portas. Os policiais disseram no boletim de ocorrências que “o advogado desobedeceu a corporação durante a uma abordagem a um morador de rua, xingou e desferiu chutes ponta pés e mordeu um dedo do policial”; mas testemunhas discordaram.

O fato teve repercussão local e rapidamente a notícia se espalhou pelas redes sociais, pelo país e no exterior. A OAB estadual em nota, ao analisar os vídeos, repudiou a ação e considerou o fato como abuso de autoridade, uma “truculência” e “despreparo” demonstrados pelos policiais. A OAB nacional promete processar o estado por uso violento da força policial. A PM disse que instaurou um procedimento administrativo disciplinar para apurar os fatos e ainda determinou o afastamento do policial envolvido nas agressões.

Os depoimentos do Advogado Orcélio, das testemunhas e dos policiais envolvidos estão em andamento. Já na delegacia, o advogado Orcélio disse que foi ameaçado de morte pelo policial que o agrediu, o que levou a OAB-GO, a solicitar segurança do Estado.

I A Questão é

1.1 – Quais os motivos que levaram o Advogado Orcélio Ferreira Silvério Junior de 32 anos de Goiânia a sofrer forte violência em ações de abuso de autoridade por policiais do Grupamento de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO)?

1.2 – O que está por trás do abuso de autoridade?

1.3 – Quais são suas consequências?

1.4 – Por quê acontece condutas dissonantes, desarmônicas e irregulares que não combinam com os padrões básicos da sociedade?

1.5 – Por quê a violência, as violações, ofensas, arbitrariedades e agressões, exercidas por autoridades policiais contra pessoas, estão sempre presentes?

1.6 – O que é preciso fazer para diminuir a violência policial e o abuso de autoridade? O problema é complexo e envolve solução multidisciplinar.

O que penso sobre esse caso de abuso de autoridade?

Acredito que é necessário reunir profissionais de diversas áreas: Policiais, profissionais liberais, Ministério público, OAB, organizações de classe e social, conselhos regionais de administração, de psicologia, medicina, professores, religiosos, pais de família e outras autoridades e até mesmo morador de rua para discutir o problema contemplando detalhado estudo da realidade; recursos disponíveis, decisões e atitudes a serem tomadas. Para dar maior legitimidade acredito que a questão deve ser discutida em todos os níveis;de cima para baixo, entre os lados e de baixo para cima.

II – Identificar as principais causas:

2.1 – Econômica, política, cultural, social, qualificação profissional, de saúde (atividades que provocam distúrbio emocional com sintoma de exaustão extrema, estresse, esgotamento físico resultante de trabalho desgastante que demandam muita competitividade ou responsabilidade)? Veja mais sobre a Síndrome de Burnout

2.2 -Análise dos recursos disponíveis. Questões como recursos humanos, financeiros, materiais, jurídicos dentre outros precisam ser discutidos e disponibilizados bem como a situação atual e futura da eficácia e eficiência dos mesmos.

III – Quais decisões e atitudes devem ser tomadas a curto, médio e longo prazo,

tendo como foco o bem estar da sociedade como um todo?

Esta é uma questão que interessa a toda sociedade.

De antemão, a OAB anuncia um ato de desagravo para o dia 28 no mesmo local em que ocorreu a agressão com a presença de Presidentes da OAB dos estados e outras autoridades, como início de medidas a serem tomadas com relação ao fato.

Antes de mais nada, abuso de autoridade contra pessoas homem ou mulher, rico ou pobre, branco ou negro, trabalhadores, profissionais liberais, tem que cessar e, quando eventualmente ocorrer, não pode passar impune.

Muito obrigado.

Confira outras informações, conteúdos, conhecimentos e curiosidades

no site: www.meupetsaudavavel

Fontes:

  • Jornal DAQUI dos dias 22,23,24 e 25 de julho
  • Televisão Anhanguera do grupo Jaime câmara
  • Boletim de ocorrência policial
  • Vídeos
  • Relatos de pessoas que presenciaram.

Artigo anteriorAlimentos Diferentes que Não Devemos Oferecer aos Cães e Gatos, e Por quê ?
Próximo artigoÉ POSSÍVEL UMA CADELA OU GATA CASTRADA ENTRAR NO CIO?
O Blog meu pet saudável foi criado pelo Médico Veterinário Aloízio Apoliano Cardozo, M.S. pela U.F.V. MG, pós graduação em Clínica Médica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Qualittas, pós graduação em dermatologia pela Equalis e participação em vários eventos como Congresso, Simpósio, cursos, palestras , dentre outros, promovidos pela Qualittas e ANCLIVEPA. Atuou por diversos anos prestando Assistência Técnica e Extensão Rural, teórica e prática, com metodologia grupal, aos pecuaristas pela ACAR-GO (Associação de Crédito e Assistência Rural do Estado de Goiás) e EMATER-GO ( Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás). É Diretor do Consultório Veterinário Popular e proprietário de uma loja de Produtos Veterinários: medicamentos, rações, vacinas e acessórios diversos para pet. Trabalhou como voluntário plantonista no Centro de Valorização da Vida (CVV) e no Hospital das Clínicas(HC) da UFG, fazendo palestras para os pacientes, sobre estilo de vida, alimentação saudável e mensagens musicais; participou de vários cursos de dança de salão com professores Jaime Aroxa e Carlinhos de Jesus; foi fundador da Academia de Dança Bolero Passos e Compassos: ministrou curso de dança de salão para pessoas carentes na Paróquia São francisco de Assis contribuindo para um crescimento físico, moral e espiritual. É sócio da Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais e possuidor do selo de qualidade ANCLIVEPA -BRASIL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui