= AMIGO DA ONÇA =

0
26
amigo da onça

O amigo da onça, muito provavelmente você já ouviu essa expressão alguma vez na sua vida, mas você conhece a história, a origem por de trás desta expressão?

Há muitos anos existia uma revista denominada “O Cruzeiro” e nela, invariavelmente, tinha um espaço destinado a uma charge de uma figura conhecida como “Amigo da onça”.

1. DEFINIÇÃO

Amigo da onça é um famoso personagem criado pelo cartunista Pernambucano Péricles de Andrade Maranhão e publicado pela primeira vez na revista O Cruzeiro em 23 de outubro de 1943.

A partir do seu lançamento se transformou em um dos personagens mais populares do país cujas histórias tinham como objetivos distrair, alegrar. mas também fazer perguntas e dizer frases muitas delas inadequadas ou inconvenientes, deixando o interlocutor em desconforto.

Leia também: 20 FRASES QUE QUANDO DITAS PODEM PARECER INCONVENIENTES.

2. PERFIL

O AMIGO DA ONÇA se apresentava sempre bem vestido com um uniforme de garçom, testa, olhos e bigode avantajados, nariz comprido e fino, queixo miúdo, cabelo bem penteado com brilhantina.

O rosto lembra muito a Giárdia Lamblia parasita causador de uma zoonose muito perigosa, de difícil controle e muito comum entre os cães. O corpo era delgado e as pernas finas e curtas.

O sucesso de o AMIGO DA ONÇA foi imenso e suas histórias foram ilustradas semanalmente, por 17 anos ininterruptos.

3. COMO SURGIU

O nome Amigo da onça surgiu de uma anedota.

“Dois caçadores conversavam em seu apartamento:

– O que você faria se estivesse agora na selva e uma onça aparecesse na sua frente?

– Ora, dava um tiro nela.

– Mas se você não tivesse arma de fogo?

– Bom, então eu a matava com meu facão.

– E se você estivesse sem o facão?

– Apanhava um pedaço de pau.

– E se não tivesse nenhum pedaço de pau?

– Subiria na árvore mais próxima.

– E se não tivesse nenhuma árvore?

– Sairia correndo.

– E se você tivesse paralisado pelo medo?

Então o outro já irritado, retruca:

– Mas afinal, você é meu amigo ou amigo da onça?

4. FIM DO AMIGO DA ONÇA.

Sua última edição foi publicada melancolicamente no ano de 1960.

Já o seu criador veio a falecer na noite de domingo do dia 31 de dezembro véspera de ano novo de 1961 para 1962, em seu apartamento no Rio de Janeiro, abrindo o gás, mas antes, fixou na porta um cartaz onde se lia: “não risquem fósforos”.

5. O AMIGO DA ONÇA NA ATUALIDADE

5.1 – O alegre e bem humorado

Na vida real você pode se deparar com um tipo alegre e bem humorado que torna o ambiente mais leve e descontraído graças a sua facilidade de lidar com o humor.

5.2 – O crítico

Com condutas constrangedoras quase sempre cria situações embaraçosas principalmente após a ingestão de alguns goles de bebida alcoólicas. Você lembra de um amigo da onça nos seus relacionamentos?

Para mais informações, orientações, conhecimento e curiosidades acesso ao site: www.meupetsaudavel.com e adquira meu livro COMO CONSERVAR SEU PET FORTE E SAUDÁVEL.

Artigo anterior7 MANEIRAS DE RECUPERAR UM CORAÇÃO PARTIDO.
Próximo artigo20 Frases e Gestos que podem constranger
O Blog meu pet saudável foi criado pelo Médico Veterinário Aloízio Apoliano Cardozo, M.S. pela U.F.V. MG, pós graduação em Clínica Médica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Qualittas, pós graduação em dermatologia pela Equalis e participação em vários eventos como Congresso, Simpósio, cursos, palestras , dentre outros, promovidos pela Qualittas e ANCLIVEPA. Atuou por diversos anos prestando Assistência Técnica e Extensão Rural, teórica e prática, com metodologia grupal, aos pecuaristas pela ACAR-GO (Associação de Crédito e Assistência Rural do Estado de Goiás) e EMATER-GO ( Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás). É Diretor do Consultório Veterinário Popular e proprietário de uma loja de Produtos Veterinários: medicamentos, rações, vacinas e acessórios diversos para pet. Trabalhou como voluntário plantonista no Centro de Valorização da Vida (CVV) e no Hospital das Clínicas(HC) da UFG, fazendo palestras para os pacientes, sobre estilo de vida, alimentação saudável e mensagens musicais; participou de vários cursos de dança de salão com professores Jaime Aroxa e Carlinhos de Jesus; foi fundador da Academia de Dança Bolero Passos e Compassos: ministrou curso de dança de salão para pessoas carentes na Paróquia São francisco de Assis contribuindo para um crescimento físico, moral e espiritual. É sócio da Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais e possuidor do selo de qualidade ANCLIVEPA -BRASIL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui