3 CÃES FAZEM PEDIDOS DE FINAL DE ANO AOS TUTORES.

0
55
pedido de final de ano

FINAL DE ANO

Todo final de ano é assim. As pessoas concentram suas atenções nos preparativos para as festas e o foco passa a ser na aquisição de presentes para a família, roupas, calçados, perfumes, joias. Preparativos para a ceia de natal em família, réveillon e viagens, muitas a cidades turísticas, outras ao litoral ou ao exterior.

Muito merecido para quem trabalhou, estudou, se esforçou na busca do conhecimento, do crescimento, da segurança e do bem estar.

Agradecer ao bom Deus pelas conquistas, fazer uma oração e comemorar juntamente com a família, parentes e amigos.

Enquanto isso, o PET, atento e com o alto senso de observação, ligado, fica a imaginar o que pode acontecer com ele.

OS PEDIDOS

1 – Pedido do Snoop

O Snoop é um cão da raça poodle, cor branca, 5 anos de idade, inteligente, dócil e carinhoso com os conhecidos e mora em um apartamento. Sempre que possível acompanha a tutora e sua família, principalmente em visitas à parentes, amigos, familiares e em viagens. Vai com frequência ao banho e tosa e ao Médico Veterinário para consulta, vacinação e outras medidas profiláticas.

Se alimenta de ração premium especial, tem duas vasilhas com água filtrada para evitar desidratação, tem controle atualizado de ecto e endoparasitas, faz caminhada cedo e vive em ambiente higienizado. Está sempre sadio, alegre e feliz. No final de ano nos momentos que antecedem o foguetório, é colocado algodão seco nos ouvidos e administrado 10 gotas de calmavet puro ou com água no dia 31, às 8 h, 15 h e 23 h.

Seu pedido: Continuar tendo o mesmo carinho, a mesma atenção e o mesmo cuidado da família.  Vive sempre balançando o rabo, feliz da vida, adora brincar com o franguinho de látex e tem apenas uma frustração: não conseguir pegar passarinhos que vão comer nos comedouros da tia Nute.

2 – Pedido do Bilú

Bilú é um cão de 5 anos, SRD, pequeno porte, cor preta, dócil e carinhoso. É considerado um membro da família. Vive cercado de carinho por duas crianças com quem adora brincar.

Se alimenta de comida caseira e a única medida profilática é vacinação ante rábica na campanha anual da Prefeitura, quando tem.

Tem pavor a fogos de artifício e todos os finais de ano procura um cantinho para se proteger. Só Deus sabe os momentos de stress diante do estouro dos foguetes.

Este final de ano não foi muito bom para o Bilú.

O tempo quente e chuvoso proporciona condições para o surgimento de ratos e animais peçonhentos que costumam adentrar aos lares deixando os moradores aflitos que correm às lojas Veterinárias na busca de medicamentos para combate e controle, principalmente de ratos. Então, o Bilú, além dos incômodos estouro dos foguetes, passou por outra situação desconfortável:

Ingeriu um pedaço de queijo com Vampiricid e no primeiro dia do ano começou a passar mal. A situação ficou preocupante porque o cão só piorando, os estabelecimentos veterinários fechados levando a família a pedir socorro no Google para localizar um Médico Veterinário.

Em Consultório Veterinário Popular, no setor universitário, a tutora disse ter encontrado ótimo atendimento, com profissional capacitado e atencioso.

Através do histórico, anamnese e exame físico foi dado o diagnóstico, efetuado a terapia adequado, um antídoto e medicação de suporte para estabilização e compensação do animal.

O Bilú é muito simpático, recebeu muito carinho e até uma oração foi feita para a sua recuperação. Felizmente, recuperou-se muito bem.

O pedido do Bilú:

Não deixar que sofra com fogos em festa de final de ano e não deixar isca, medicamento raticida no chão e em local de acesso.

3 – Pedido do Bob

Bob é um cão da raça Pinscher, macho não castrado, cor preta, 1 ano de idade, tomou duas doses de vacinas quando filhotinho, hiperativo.

A tutora, muito ocupada, relatou que viajou dia 30 de dezembro de 2019, deixando o cão no quintal e ao retornar dia 2 de janeiro de 2020, o cão tinha sumido.

Coitado do Bob. Dá para imaginar o tamanho da sua lista de pedidos …

Diante de um problema no seu cão, não deixe para depois. CONSULTE UM MÉDICO VETERINÁRIO!

Você já praticou uma boa ação hoje? Você terá o retorno.

Leia também: ANIMAL MORADOR DE RUA. DEVO OU NÃO LEVAR PRA CASA?

Artigo anterior10 DICAS DE COMO CONSERVAR E AMPLIAR A VIDA ÚTIL DOS SAPATOS.
Próximo artigoO Rato, o Cão e o Homem de Colarinho Branco: qualquer semelhança não é mera coincidência!
O Blog meu pet saudável foi criado pelo Médico Veterinário Aloízio Apoliano Cardozo, M.S. pela U.F.V. MG, pós graduação em Clínica Médica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Qualittas, pós graduação em dermatologia pela Equalis e participação em vários eventos como Congresso, Simpósio, cursos, palestras , dentre outros, promovidos pela Qualittas e ANCLIVEPA. Atuou por diversos anos prestando Assistência Técnica e Extensão Rural, teórica e prática, com metodologia grupal, aos pecuaristas pela ACAR-GO (Associação de Crédito e Assistência Rural do Estado de Goiás) e EMATER-GO ( Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás). É Diretor do Consultório Veterinário Popular e proprietário de uma loja de Produtos Veterinários: medicamentos, rações, vacinas e acessórios diversos para pet. Trabalhou como voluntário plantonista no Centro de Valorização da Vida (CVV) e no Hospital das Clínicas(HC) da UFG, fazendo palestras para os pacientes, sobre estilo de vida, alimentação saudável e mensagens musicais; participou de vários cursos de dança de salão com professores Jaime Aroxa e Carlinhos de Jesus; foi fundador da Academia de Dança Bolero Passos e Compassos: ministrou curso de dança de salão para pessoas carentes na Paróquia São francisco de Assis contribuindo para um crescimento físico, moral e espiritual. É sócio da Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais e possuidor do selo de qualidade ANCLIVEPA -BRASIL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui