Quais são os problemas causados por Vermes

1
44
vermes
vermes

Entenda o que são os vermes, quais são os problemas causados por eles, e como fazer o tratamento adequado.

VERMES

Os vermes são os parasitas internos mais comuns e que causam muitos problemas para os pets. A presença de verme nos cães e gatos são muito frequentes e seu controle ainda deixa a desejar.

SINTOMAS

Os sintomas mais comuns da verminose são vômitos, diarreia frequente, sem ou com presença de sangue, dores abdominais, falta de apetite, perda de peso, fraqueza, anemia, tosse, pelagem seca e sem brilho, aumento do volume abdominal, coceira anal, desidratação, dentre outros.

Mas esses sintomas nem sempre são percebidos no início da infestação.

Quando localizados no fígado, cérebro, olhos, coração, os estragos costumam ser maiores e se não forem tomadas providências de imediato, pode ser fatal.

CLASSIFICAÇÃO DOS VERMES

Anatomicamente, os vermes podem ser divididos em dois grupos:

  1. Platelmintos
  2. Nematelmintos

Os platelmintos possuem o corpo achatado, e tem aparência de uma fita com várias divisões.  O sistema digestório incompleto e grande parte são hermafroditas.

A tênia, por exemplo, é um tipo de verme que causa doenças como a solitária, a cisticercose e esquistossomose. A transmissão é feita pela ingestão de um hospedeiro intermediário que podem ser pulgas, roedores ou carne crua.

Os nematelmintos possuem o corpo redondo, de formato cilindro, liso, não tem divisões, sua pele é firme e elástica e as duas extremidades pontiagudas, tem sistema digestório completo e os sexos são separados.

Os vermes redondos que mais acometem os cães são:   Ancylóstoma caninum, Toxocara canis, Trichuris vulpis, Dioctophyme renale, dirofilaria immitis.

O verme chato mais comum é o Dipylidium caninum (tênia).

Os vermes, de um modo geral, acometem mais o sistema gastrointestinal por isso os sintomas mais frequentes são vômitos e diarreia.

COMO OCORRE A TRANSMISSÃO

A transmissão ocorre em geral através de água e alimentos contaminados ou através de pequenos ferimentos da pele por onde os vermes conseguem penetrar. Pode ocorrer também nos passeios e contatos com outros animais.

Uma dica é que, a casa que tem um cão, por exemplo deve ter à disposição, pelo menos duas vasilhas com água potável e o ambiente sempre limpo preferencialmente com desinfetante à base de amônia quaternária.

E não se esqueça de coletar imediatamente as fezes do seu cãozinho tanto em casa quanto nos passeios. Assim você está contribuindo não só com a higiene como também com o controle das verminoses.

A verminose é um perigo silencioso, as vezes muito difícil de perceber. É mais comum nos animais jovens.

Alguns já nascem parasitados porque os vermes passam do organismo da mãe diretamente para o feto, principalmente através do útero, ou na hora do parto. Também podem ser parasitados pelo colostro.

Daí ser importante fazer exame de fezes da cadela prenha e realizar o tratamento se for portadora.  Também é necessário vermífugar todos os animais, periodicamente.   Em geral este procedimento é realizado 3 vezes ao ano: no verão, no inverno e na primavera. Mas cada caso é um caso e a orientação veterinária sempre se faz necessário.

Os filhotes devem   ser levados para consulta e vacinação aos 45 dias de idade e ter controle adequado das pulgas para evitar contaminação pela tênia.

CONTROLE

Existem uma variedade muito grande de vermífugos, nas lojas veterinárias com vários princípios ativos e diferentes formas de aplicação. Existem em comprimidos, pipetas tópicas, solução oral, petiscos palatáveis e até injetável.  Alguns vem com princípios ativo que tem indicação mista servindo tanto para verme como para pulgas e carrapatos.

Mas, é importante que os mesmos sejam medicados corretamente.

O mais indicado é fazer a prevenção e o controle da verminose nos pets para manter a saúde e o bem estar, evitando a transmissão aos animais e às pessoas.

Muito obrigado! VOCÊ JÁ PRATICOU UMA BOA AÇÃO HOJE?

Para maiores informações, orientações e indicações, CONSULTE UM MÉDICO VETERINÁRIO.

Leia também: TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A PULGA.

Artigo anteriorTUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A PULGA.
Próximo artigoMeu Cãozinho Morreu: Posso Levar outro pra Casa?
O Blog meu pet saudável foi criado pelo Médico Veterinário Aloízio Apoliano Cardozo, M.S. pela U.F.V. MG, pós graduação em Clínica Médica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Qualittas, pós graduação em dermatologia pela Equalis e participação em vários eventos como Congresso, Simpósio, cursos, palestras , dentre outros, promovidos pela Qualittas e ANCLIVEPA. Atuou por diversos anos prestando Assistência Técnica e Extensão Rural, teórica e prática, com metodologia grupal, aos pecuaristas pela ACAR-GO (Associação de Crédito e Assistência Rural do Estado de Goiás) e EMATER-GO ( Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás). É Diretor do Consultório Veterinário Popular e proprietário de uma loja de Produtos Veterinários: medicamentos, rações, vacinas e acessórios diversos para pet. Trabalhou como voluntário plantonista no Centro de Valorização da Vida (CVV) e no Hospital das Clínicas(HC) da UFG, fazendo palestras para os pacientes, sobre estilo de vida, alimentação saudável e mensagens musicais; participou de vários cursos de dança de salão com professores Jaime Aroxa e Carlinhos de Jesus; foi fundador da Academia de Dança Bolero Passos e Compassos: ministrou curso de dança de salão para pessoas carentes na Paróquia São francisco de Assis contribuindo para um crescimento físico, moral e espiritual. É sócio da Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais e possuidor do selo de qualidade ANCLIVEPA -BRASIL.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui