Meu Cãozinho Morreu: Posso Levar outro pra Casa?

1
32
Tristeza da família apos o cãozinho morrer!
Tristeza da família apos o cãozinho morrer!

O cãozinho é considerado hoje, pela maioria dos tutores, um membro da família, e é natural que a perda provoque um mal estar em toda a família, principalmente ao tutor.

SUBSTITUIÇÃO

Às vezes, o desejo da família é adquirir imediatamente outro cãozinho para aliviar a dor. Isto pode ser feito?!

Bom, a questão não é tão simplista assim. Vou explicar.

Vamos imaginar que você precisa fazer uma viagem aérea. Então, algumas providências devem ser tomadas com antecedência, como por exemplo: aquisição das passagens, aquisição de uma mala nas medidas recomendadas pela empresa aérea, escolha das roupas e acessórios, dentre outras medidas.

Com relação à aquisição de um novo animalzinho, você não só pode, como deve levar pra casa, mas algumas medidas e providências devem ser realizadas antes da tomada da decisão.

CINCO CUIDADOS A SEREM TOMADOS ANTES DE LEVAR UM NOVO CÃO PRA SUA CASA

1) O seu animal morreu. Qual a causa da morte do animal?   Senil, intoxicação alimentar, envenenamento, atropelamento, doenças infecciosas (erliquiose), doenças viróticas como parvovirose e cinomose?  (Não deixe de ler neste blog os artigos sobre duas doenças muito importantes: erliquiose e cinomose).

2) Se confirmada a morte por doenças viróticas você deve desinfetar o ambiente com todos os recursos disponíveis que podem variar desde um bom viricida à base de amônia quaternária, até a utilização de uma vassoura de fogo conhecido como lança chamas.

3) O próximo passo é conversar previamente com o Médico Veterinário   para se informar sobre os cuidados básicos que devem ser tomados antes de adquirir um animalzinho: qual raça (conhecer vantagens e desvantagens de cada raça), idade ideal, analisar aspectos físicos, consanguinidade e outras anomalias.

4) Levar o cãozinho ao Médico Veterinário para exame e verificar se está apto a receber a vacinação pois Ele irá verificar se é necessário fazer alguns ajustes como vermifugação, hidratação, controle de pulgas e carrapatos, escolha da ração adequada dentre outros.

5) Obedecer ao número e intervalo entre as vacinações.

A higiene diária, bem feita e continuada, o uso de banheiro sanitário, o manejo adequado do uso da água e da ração, uso da coleira adequada, atividade física e caminhadas matinais, também são extremamente importantes para o bem estar do animal.

A prevenção ainda é o melhor remédio.

Muito obrigado. VOCÊ JÁ FEZ UMA BOA AÇÃO HOJE? PARA MAIORES INFORMAÇÕES, ORIENTAÇÕES E INDICAÇÕES, CONSULTE UM MÉDICO VETERINÁRIO.

Leia também: VERMES E SEUS PROBLEMAS

Artigo anteriorQuais são os problemas causados por Vermes
Próximo artigoManchas de Sangue na Urina e Urinando pouco. O que pode ser?
O Blog meu pet saudável foi criado pelo Médico Veterinário Aloízio Apoliano Cardozo, M.S. pela U.F.V. MG, pós graduação em Clínica Médica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Qualittas, pós graduação em dermatologia pela Equalis e participação em vários eventos como Congresso, Simpósio, cursos, palestras , dentre outros, promovidos pela Qualittas e ANCLIVEPA. Atuou por diversos anos prestando Assistência Técnica e Extensão Rural, teórica e prática, com metodologia grupal, aos pecuaristas pela ACAR-GO (Associação de Crédito e Assistência Rural do Estado de Goiás) e EMATER-GO ( Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás). É Diretor do Consultório Veterinário Popular e proprietário de uma loja de Produtos Veterinários: medicamentos, rações, vacinas e acessórios diversos para pet. Trabalhou como voluntário plantonista no Centro de Valorização da Vida (CVV) e no Hospital das Clínicas(HC) da UFG, fazendo palestras para os pacientes, sobre estilo de vida, alimentação saudável e mensagens musicais; participou de vários cursos de dança de salão com professores Jaime Aroxa e Carlinhos de Jesus; foi fundador da Academia de Dança Bolero Passos e Compassos: ministrou curso de dança de salão para pessoas carentes na Paróquia São francisco de Assis contribuindo para um crescimento físico, moral e espiritual. É sócio da Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais e possuidor do selo de qualidade ANCLIVEPA -BRASIL.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui