MICROBIOTA OU MICROBIOMA

0
57

Microbiota ou microbioma é o conjunto de todas as comunidades de micróbios que habitam uma certa parte do corpo como pele, cabelo, cavidade oral, vias respiratórias, trato gastrointestinal, trato urinário e cérebro de cães, gatos e outros animais.

A maioria são bactérias.

São encontrados também fungos, protozoários e virus. A maioria dos residentes no corpo são anaeróbicos.

Muitos desses microbiotas são inquilinos do organismo e usufruem do abrigo e do alimento prestando serviços que contribuem com a saúde. Alguns não ajudam, mas também não atrapalham. Outros ainda, vivem no organismo numa relação de mutualismo ou simbiose.

O pet como hospedeiro e os microbiotas como hóspedes, numa relação de co-dependência e trocas de favores.

Há no entanto os microorganismos que prejudicam demais o bem-estar, sendo cada vez mais relacionados a condições alérgicas, problemas de pele, diabetes, obesidade, doenças reumáticas, problemas autoimunes dentre outros.

É importante saber a questão de equilíbrio, de saber quais  populações estão dominando o ambiente do corpo e procurar estabelecer a primazia das que nos fazem bem.

Sabemos que o uso de antibióticos deve ser feito com cautela pois a aplicação indiscriminado pode eliminar microbiotas úteis ao organismo.

PAPEL DOS MICROBIOTAS

Os microbiotas que ajudam com a saúde funcionam como a primeira linha de defesa contra diferentes patógenos microbianos, auxilia na digestão e contribui para a maturação do sistema imunológico. Eles estão em equilíbrio e contribuem para a saúde na síntese e absorção de vitaminas; evita colonização por patógenos; pode antagonizar outras bactérias; estimular e promover a produção de anticorpos naturais; estimular o desenvolvimento de alguns tecidos.

FATORES QUE PODEM ALTERAR A MICROBIOTA.

Alguns fatores externos e endógenos podem alterar a microbiota drasticamente levando ao desenvolvimento de populações de patógenos oportunistas.

Dentre os fatores que mais influenciam no estabelecimento da microbiota temos a alimentação, as condições ambientais e hábitos de higiene, metabolismo (fatores hormonais), idade e genética.

Hábitos alimentares ricos em fibras, como por exemplo um velho e bom prato colorido de verduras e frutas é o ideal.

Fugir dos alimentos industrializados, evitar ao estresse, má digestão, excesso de bebida alcoólica e evitar excesso de exercício físico (que provoca alto consumo de oxigênio).é tudo de bom para a saúde.

O hábito a ser cultivado deve ser descascar mais e desembrulhar menos.

Já os alimentos industrializados reduzem, desregulam e contribuem para a quebra desse equilíbrio.

Quando foi feito o sequenciamento do genoma humano e em seguida o do microbioma, obteve-se conhecimento até então desconhecido sobre essa interação equilibrada entre microbiota X organismo e sua importância para a saúde.

Quando, por um motivo ou outro ocorre diminuição das bactérias boas ou aumento das ruins, aparecem as doenças: diabetes, obesidade, depressão, gastrite, úlcera péptica, câncer do estomago e outros processos inflamatórios causados pela infecção da Helicobacter pylori e que costuma aumentar com a idade, com a falta de higiene e até mesmo no beijo ou outro tipo de contato próximo.

DISBIOSE

Quando o corre a disbiose ou seja o desequilíbrio na microbiota é sinal de que está associada às doenças vindo a ocasionar muitos problemas, principalmente no cão.

O uso indiscriminado de antibióticos interferem negativamente na microbiota matanto as bactérias boas quanto as ruins. Eles matam todas.

Claro que os antibióticos são necessários. Quando não existiam morria-se cedo de doenças que hoje são tratáveis. O questionamento é sobre o seu uso.

O recomendável é ser usado com critério e sob orientação do Médico Veterinário.

Veja outros artigos sobre cães, gatos e curiosidades no site www.meupetsaudavel.com

Para maiores informações, orientações e conhecimento,

CONSULTE UM MÉDICO VETERINÁRIO

Artigo anteriorInformações pela Internet Substituem uma consulta ao Veterinário?
Próximo artigoIsolamento na Pandemia: Veja o que ele provocou nas Pessoas.
O Blog meu pet saudável foi criado pelo Médico Veterinário Aloízio Apoliano Cardozo, M.S. pela U.F.V. MG, pós graduação em Clínica Médica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Qualittas, pós graduação em dermatologia pela Equalis e participação em vários eventos como Congresso, Simpósio, cursos, palestras , dentre outros, promovidos pela Qualittas e ANCLIVEPA. Atuou por diversos anos prestando Assistência Técnica e Extensão Rural, teórica e prática, com metodologia grupal, aos pecuaristas pela ACAR-GO (Associação de Crédito e Assistência Rural do Estado de Goiás) e EMATER-GO ( Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás). É Diretor do Consultório Veterinário Popular e proprietário de uma loja de Produtos Veterinários: medicamentos, rações, vacinas e acessórios diversos para pet. Trabalhou como voluntário plantonista no Centro de Valorização da Vida (CVV) e no Hospital das Clínicas(HC) da UFG, fazendo palestras para os pacientes, sobre estilo de vida, alimentação saudável e mensagens musicais; participou de vários cursos de dança de salão com professores Jaime Aroxa e Carlinhos de Jesus; foi fundador da Academia de Dança Bolero Passos e Compassos: ministrou curso de dança de salão para pessoas carentes na Paróquia São francisco de Assis contribuindo para um crescimento físico, moral e espiritual. É sócio da Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais e possuidor do selo de qualidade ANCLIVEPA -BRASIL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui