COMO OS GATOS PERCEBEM O MUNDO?

1
40
Como os gatos percebem o mundo?
Como os gatos percebem o mundo?

A percepção dos gatos baseia-se em seus sentidos – a maioria deles é bastante sensível em comparação com os sentidos dos humanos.

A AUDIÇÃO

A audição dos gatos é cerca de quatro vezes mais aguda do que a dos seres humanos. Eles podem ouvir uma ampla variedade de frequências, inclusive o ultrassom, o que lhes possibilita perceber as chamadas ou as conversas ultrassônicas dos roedores. Suas aurículas móveis ajudam a localizar os sons.  Por conta da audição sensível, se estressam facilmente com o barulho de carro, telefone, batida de porta, sinais de sons de componentes eletrônicos e vozes de humanos, mesmo em tom normal. Os sons de outros animais, latidos de cão, e outros também podem ocasionar estresse.

A VISÃO.

Os gatos tem a capacidade de enxergar bem em local com pouca luminosidade e são muito sensíveis a movimentos. Reagem com muito interesse quando lhe é apresentado um foco luminoso vermelho de uma lanterna mas é necessário cuidado para não deixar o gatinho frustrado e nem atingir os olhos,   

Estas habilidades ajudam muito a caçar a presa. Assim, movimentos rápidos, principalmente quando inesperado, provavelmente intensificam as respostas do gato. ´

E necessário ter cautela e ter sempre em mente que, com o gato, “devagar se vai ao longe”

OLFATO

Devido a quantidade e as características do epitélio olfativo, que é de 5 a 10 vezes mais do que nos humanos, os gatos apresentam um olfato excelente, podendo sentir cheiro a distâncias relativamente longas.

.

ÓRGÃOS VOMERONASAIS OU DE JACOBSON

É uma estrutura olfatória localizada no céu da boca por trás dos incisivos superiores que tem a função de detectar e “saborear “os odores e cheiros que nós não percebemos.

Quando o gato sente determinado cheiro principalmente na urina de outro gato ou animais, o gato aproxima o focinho, cheiram e abrem a boca.  Os órgãos vomeronasais  detectam  compostos químicos, e envia para o cérebro informações mais precisas sobre o que eles estão cheirando, como se fosse um scanner no céu da boca que analisa os odores, sendo muito útil para detectar feromônios, como os presentes na urina da gata. Quando abrem a boca, o gato está permitindo que o ar com feromônios  cheguem a este órgão, gesto esse conhecido como reflexo flehmem e é exibido  por outros animais, como grandes felinos e cavalos. Nós, humanos, temos apenas vestígios do órgão vomeronasal e na nossa espécie como nos demais primatas não se tem conhecimento se ele é funcional

SENSIBILIDADE AO TOQUE

Os gatos são muitos sensíveis ao toque e usam as vibrissas para examinarem o meio à sua volta. Quando ativados, podem estar muito sensíveis e responder agressivamente até mesmo a afagos e carinhos`

Portanto, qualquer agente de estresse com origem em estímulos auditivos, visuais, aleatórios e táteis, no ambiente em que o gato se encontra, deve ser visto com cautela ou evitado.

Assim os gatos percebem o mundo.

Muito obrigado.

VOCÊ JÁ PRATIACOU UMA BOA AÇÃO HOJE?

Para maiores informações, orientações e indicações,

CONSULTE UM MÉDICO VETERINÁRIO

Leia também: 10 PASSOS COMO DOMESTICAR UM GATINHO ARISCO.

Artigo anterior10 PASSOS COMO DOMESTICAR UM GATINHO ARISCO.
Próximo artigoPÁSSAROS: SOLTOS OU NA GAIOLA?
O Blog meu pet saudável foi criado pelo Médico Veterinário Aloízio Apoliano Cardozo, M.S. pela U.F.V. MG, pós graduação em Clínica Médica Cirúrgica de Pequenos Animais pela Qualittas, pós graduação em dermatologia pela Equalis e participação em vários eventos como Congresso, Simpósio, cursos, palestras , dentre outros, promovidos pela Qualittas e ANCLIVEPA. Atuou por diversos anos prestando Assistência Técnica e Extensão Rural, teórica e prática, com metodologia grupal, aos pecuaristas pela ACAR-GO (Associação de Crédito e Assistência Rural do Estado de Goiás) e EMATER-GO ( Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Goiás). É Diretor do Consultório Veterinário Popular e proprietário de uma loja de Produtos Veterinários: medicamentos, rações, vacinas e acessórios diversos para pet. Trabalhou como voluntário plantonista no Centro de Valorização da Vida (CVV) e no Hospital das Clínicas(HC) da UFG, fazendo palestras para os pacientes, sobre estilo de vida, alimentação saudável e mensagens musicais; participou de vários cursos de dança de salão com professores Jaime Aroxa e Carlinhos de Jesus; foi fundador da Academia de Dança Bolero Passos e Compassos: ministrou curso de dança de salão para pessoas carentes na Paróquia São francisco de Assis contribuindo para um crescimento físico, moral e espiritual. É sócio da Associação Nacional de Clínicos de Pequenos Animais e possuidor do selo de qualidade ANCLIVEPA -BRASIL.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui